Dirce Carneiro por Diana Gonçalves
Pensamentos... palavras e poesia... em ação...querendo alçar voo, em mutação...
Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Fotos Perfil Prêmios Livro de Visitas Contato Links
MIGUEL


Deixado só
Buscou a mãe
Encontrou a morte
Mas o cão saiu a passeio
E a unha da prima dama
Feita – maquiada
Sem as cutículas justas

As carnes podres das mãos
Não fazem boa figura social
Mais urgente é extirpá-las
Não há tempo para a criança alheia







 
DIANA GONÇALVES
Enviado por DIANA GONÇALVES em 19/06/2020
Alterado em 19/06/2020
Comentários