Dirce Carneiro por Diana Gonçalves
Pensamentos... palavras e poesia... em ação...querendo alçar voo, em mutação...
Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Fotos Perfil Prêmios Livro de Visitas Contato Links
"É VIDA QUE SEGUE..."

Concordo com os que dizem que 2014 foi um ano inusitado, tanto pelas surpresas de todos os matizes, emoções, aprendizado.
Houve perdas e ganhos...mas no dizer da seleção brasileira, "é vida que segue..."
Fato é que ela segue quer queiramos ou não, quer afirmemos ou não a frase dita para justificar o continuar de cabeça erguida depois dos 10X1.
Não se pode negar: a Copa foi uma festa inesquecível, deixando sua marca definitiva no mundo dos esportes, na vida do País e no ano que findou.
Depois vieram as eleições...mais perdas e ganhos...e "é vida que segue"...
O grande saldo positivo dessas eleições foi o aprendizado político do povo, inauguramos um novo modo de fazer política, a internet veio definitivamente trazer sua colaboração influenciando opiniões, desfazendo mitos, invenções, mostrando a verdadeira face desse jogo que culmina com a contagem de votos depositados na urna, que dá a conhecer o vencedor e o perdedor do pleito democrático.
Claro que a vida do País, do Mundo e de cada habitante do planeta não se pauta apenas por esportes ou eleições. Houve destaques na Ciência, na Medicina, nas Artes, em todos os setores de atividades.
Cada um tem sua história para contar, cada um tem sua opinião sobre o ano findo, cada um tem suas expectativas sobre o ano que se inicia, afinal...
"é vida que segue..."
O País sendo passado a limpo...
Que a vida siga para cada um de nós trazendo o inusitado, cumprindo as expectativas e que as perdas e ganhos signifiquem, acima de tudo, aprendizado, bênçãos, superação, desafios enfrentados e vencidos.
O meu desejo de "vida que segue" se resume no tradicional e simples
"FELIZ ANO NOVO"
DIANA GONÇALVES
Enviado por DIANA GONÇALVES em 06/01/2015
Copyright © 2015. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários